10 anos de OUT.RA – a nova identidade visual

Olá a todos
 
Neste mês de celebração dos 10 anos da OUT.RA (não esquecer o concerto comemorativo com os Black Bombaim, no dia 19), revelamos também a nova identidade visual da associação, criada pelo designer José Mendes, que aceitou explicar o processo criativo que deu origem ao novo logótipo e imagem – que já se fez sentir também na identidade visual do último OUT.FEST:
 
O redesenho do logótipo da OUT.RA nasce na intenção da associação cultural querer vincar esta mudança com a data comemorativa dos 10 anos da sua fundação e os 15 anos do OUT.FEST.
 
Mais do que um logótipo, procurei um sistema de identidade visual baseado no elemento distintivo que a OUT.RA e o OUT.FEST têm usado na sua identidade, o ponto final. Não como um fim, mas sim como um interface, uma ponte, que liga e procura out.ra coisa. 
 
 
Esta característica é potenciada na nova identidade visual, e aliada à narrativa experimental que norteia a associação o ponto dá lugar a exercícios formais, mutáveis.
 
Uma forma por ano, pensada e desenhada para ser mutável no eixo de X e Y, servindo assim as várias aplicações do logótipo em espaços de variáveis proporções. Todas estas variações do desenho do logótipo serão programadas numa fonte tipográfica anual, para facilitar a sua utilização.”
 
Relembramos que podem acompanhar todas as novidades ao subscrever a nossa newsletter clicando aqui.

OUT.FEST 2017: Novas confirmações

Anunciamos hoje mais 4 nomes para o cartaz do 14º OUT.FEST – Festival Internacional de Música Exploratória do Barreiro, a decorrer entre 4 e 7 de Outubro, como habitualmente em vários espaços da cidade.

Deste novo leque de confirmações destaque para o primeiro artista italiano na história do festival, a jovem compositora Caterina Barbieri, nome em ascensão fulgurante que lançou já este ano “Patterns of Consciousness”, álbum que tem vindo a figurar nas mais variadíssimas listas de melhores discos do ano que corre.

País também em estreia no festival é a Rússia, de onde chega (via Reino Unido) Lolina, a mais recente encarnação da icónica Inga Copeland (ex-Hype Williams), trazendo na bagagem o seu álbum / vídeo “Live in Paris”, enigmática peça multimédia lançada online no final de 2016.

A engrossar o contingente nacional e o lote de artistas emergentes nesta edição do OUT.FEST estará o Coletivo Vandalismo, grupo portuense ligado à editora Eye For An Eye Recordings, e o produtor lisboeta Gyur, parte da Cratera, um grupo de criadores de conteúdos digitais com epicentro na  Grande Lisboa.

O primeiro lote de passes globais a preço reduzido já esgotou, estando estes agora disponíveis ao preço de 30€, via Bilheteira Online e locais associados. Podem adquiri-lo através do link www.outfest.pt.

O OUT.FEST tem como principais apoios o Ministério da Cultura / Direcção-Geral das Artes, a Câmara Municipal do Barreiro, a Baía do Tejo e a Entidade Regional de Turismo da Região de Lisboa.